Por volta de 10000 a. C., povos perceberam que alguns grãos imersos em água, após certo tempo, resultavam em uma mistura adocicada. Na época, não havia conhecimentos químicos e biológicos capazes de compreender tal fenômeno, e, também a enzima responsável por ele- a diástase.

Após, descobriram que essa mesma mistura, passando alguns dias inerte, tornava-se entorpecente e com textura efervescida. Isso ocorre devido à presença de leveduras no ar que, ao atuarem no açúcar fermentado, transformam-no em álcool. Aqui, parafraseia-se Lavoisier, pois nada se perde ou se cria, tudo se transforma.

Eis a bebida, na sua forma mais primitiva, conhecida atualmente pelos ingredientes malte, lúpulo, levedura e água. Ao longo dos anos e das mais diversas civilizações, a cerveja foi evoluindo, sem, no entanto, estar ausente em qualquer delas que fosse. Foram os celtas e os germânicos, não obstante, que consagraram o líquido fermentado ao adicionar cevada à receita. Eis o porquê, de, hoje, a Alemanha ser o país com maior tradição cervejeira.

Com a saída de Estrela, Rio Grande do Sul, da antiga Cervejaria Polar, o estado ficou necessitado de uma cerveja artesanal que resgatasse os princípios germânicos e agradasse o padrão consumidor da região.

Nesse contexto, foi criada a Prost Bier, em 2006, na mesma cidade. É produzida sem qualquer tipo de conservante e estabilizante, com malte e lúpulo provenientes da Alemanha e da República Tcheca, além da puríssima água do Aquífero Guarany. A distribuição se concentra na Grande Porto Alegre, nos Vales do Rio Pardo e Taquari e na Serra. Hoje, conta com duas linhas: Pilsen e Trigo, tendo revolucionado a indústria cervejeira ao resgatar as garrafas de porcelana tipicamente teutônicas. Suas receitas foram cuidadosamente elaboradas por um mestre alemão, que permaneceu na fábrica por alguns anos. 

 

 

Prost Bier 2013. Fone: (51) 3720-1005 - E-mail: prostbier@prostbier.com.br